8 de julho de 2011

Eu encontrei a felicidade sem fim


   Havia dor.... Eu lembro muito bem disso! Por onde eu olhasse via escuridão, tristeza. Tudo era tão sombrio, tão infeliz. Era como se houvesse um grande buraco que me puxava cada vez mais para baixo. Como se cada movimento meu, cada tentativa minha de sair do lugar me levasse para mais dentro do buraco e esse buraco aparentemente não tinha fim. Além disso eu sentia falta de algo.
   A sensação era terrível, tudo o que um ser humano não gostaria de sentir.
   De vez enquando eu tinha a ilusão de que toda aquela dor teria ido embora em um estalar de dedos, pena que era apenas uma ilusão, um sonho muito distante. Isso doía tanto...! Era como se eu vivesse de alegrias momentâneas ou algo do tipo. Parecia real, e de fato era, mas não durava muito tempo.
   E a angústia? Meu Deus, como era horrível sentir aquilo! Que sentimento mais feio, que coisa mais triste de se sentir.
  Foi então que eu conheci um super heroi. - Brincadeira... Só pra descontrair! rsrs - Lembro-me de ouvir falar de um certo cara que fez um sacrifício para que eu vivesse, alguém cheio de graça. Ele me pareceu muito descente. Quis saber mais sobre ele.
   Eu não entendia muito bem aquilo, não sabia o que pensar sobre aquelas palavras ditas, eram muito inacreditáveis: tanta dor, tanto sangue, tanto amor. Não fazia sentido. Eu não sabia o que pensar, mas... Mas algo nelas me fazia sorrir, me fazia me sentir livre. Era uma sensação nova, algo que não havia experimentado antes. Gostei!
   Decidi então convidar essa cara para morar em mim, tipo experiência, sabe?... Nossa como ele era educado e organizado! Gostava de tudo em seu devido lugar, era doce e muito gentil. Havia outras características nele, outras emoções que sentia ao seu lado, mas eu não consigo explicar. Definitivamente eu o amava!
   Depois de tantas alegrias momentâneas eu pude enfim achar uma alegria eterna, uma felicidade sem fim. O buraco que existia em mim era um vazio. Um vazio que somente Ele conseguiu preencher. A minha angustia cessou, hoje não lembro mais o que é sentir aquilo. Hoje vivo feliz, extremamente feliz, pois encontrei Alguém em que posso descansar, Alguém que me salvou.

   Filhos, esse é o meu testemunho, ou parte dele. Ha mais coisas para contar, mas momentos para compartilhar, mas creio que o Senhor mandará eu escrevê-los no Seu devido tempo. Sei que o que eu escrevi aí em cima muitos sentem, e eu quero que saibam que eu encontrei a felicidade somente Nele, antes eram apenas ilusões. E sempre será assim, porque Jesus é o único capaz de cicatrizar o buraco que existe em nós.


7 comentários:

  1. Amém
    Somos duas

    Ele é a prova de amor viva, morreu por aqueles que nem ao menos Ele conhcia, morreu por aqueles que nEle guspirão, amo nós de tal maneira que a nós perdoa e nós faz novas criaturas


    Deus seja glorificado por isso
    bjoos

    www.pequenamasgrandemulher.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, filha. Bom te ver por aqui.
    Com certeza... Amor igual a esse não ha.
    Deus te guarde.

    ResponderExcluir
  3. Indiquei seu blog para uma brincadeira!
    Acessa lá:
    http://viverparaasantidade.blogspot.com

    Beijos fique com Deus!Fran Mary!

    ResponderExcluir
  4. Que Deus abençoe esse cantinho, que ele te dê forças todos os dias, pois você é um grande instrumento de Deus !
    O mundo precisa de você, !

    ResponderExcluir
  5. Fran, obg pela indicação! ;)
    Fica com Deus.

    ResponderExcluir
  6. Obg, pela visita e pelas belas palavras. Adorei te ver por aqui. Volte sempre.
    Deus te abençoe. ;)

    ResponderExcluir
  7. ooi, a paz tudo bom?
    Então,eu estou com uma brincadeirinha,
    "De que tipo De filho de Deus você é"
    Participa comentando??

    http://universalpentecostal.blogspot.com/2011/07/somos-filhos-de-deus-mais-de-que-tipo.html


    Por favor *-*

    Que Deus abençoe, fique na paaz!

    ResponderExcluir